A Wilderness Safaris é a maior empresa de Conservação de Turismo do mundo.

Foi fundada em Botswana em 1983 e surgiu como uma empresa que oferecia safáris para pessoas com um olhar diferenciado para viagens. A Wilderness Safaris oferece jornadas que mudam a vida das pessoas em alguns dos lugares mais remotos e intocados da África. Eles oferecem acesso exclusivo a 2,5 milhões de hectares de terras selvagens e tem como um dos focos a preservação da biodiversidade dessas regiões.

Wilderness Safaris acredita que a única e mais importante conquista até hoje é construir um modelo sustentável de negócio que não comprometa o ambiente e que ofereça emprego, treinamento, ferramentas, carreiras, novos horizontes, esperança e alternativa real de desenvolvimento sustentável à sociedade. Os lodges da Wilderness são propriedades intimistas, exclusivas para safáris em áreas privadas com abundância de vida animal e cenários naturais que impressionam com sua beleza e magnitude. Cada um dos Lodges da Wilderness Safaris busca o menor impacto possível no entorno e oferece um serviço personalizado indo ao encontro da expectativa individual de cada hóspede.

Seus lodges receberam dezenas de prêmios e reconhecimentos mundiais, nos últimos anos podemos destacar Gold List da Condé Nast Travellers, Maior Empresa Sustentável de Turismo pelo Virtuoso, Condé Nast World Savair Award, Top Hotel in Travel & Leisure, Trip Advisor Certificate of Excellence, National Geographic Travellers Best Lodges, US Travel & Leisure.

Hoje, a Wilderness Safaris possui mais de 36 lodges distribuídos por 07 países da África: Botswana, Namíbia, Zimbabwe, Zâmbia, Quênia e Ruanda, além de oferecer as melhores negociações com hotéis e serviços na Africa do Sul e East Africa (Kenya e Tanzânia).

Da Wilderness Safaris alguns dos destaques, são os Lodges em Botswana: Jao Camp, Mombo Camp, Abu Camp entre outros, no total uma lista de 22 localizados nas melhores áreas do Linyante e Okavango Delta.

Na Namíbia temos o Little Kulala na região de Sossusvlei, Rhino Desert Camp em Damaraland, o famoso Hoanib Skeleton Coast na Costa dos Esqueletos e o Serra Cafema onde os hóspedes encontram com a tribo Himba.

No Zimbabwe a abundância de predadores, elefantes e a possibilidade de conhecer a comunidade Ingamo na região do Hwange com destaque ao Lodge Linkwasha. Ao norte, na região de Mana Pools, viver a possibilidade de sobrevoar o rio Kunene e enxergar do alto uma das cenas mais preciosas da vida. O lançamento mais recente no Zimbabwe foi o Lodge Chikwenya com vista para o rio e as montanhas da Zâmbia.

No Quênia a Wilderness Safaris tem um Retreat localizado no planalto de Laikipia ao norte de Nairobi. O Segera Retreat conta com seis vilas erguidas sobre uma profusão de vida botânica para oferecer vistas do Monte Quênia. A propriedade conta também com a graciosa Segera House e a Villa Segera oferecendo ainda mais privacidade e luxo. A área principal compreende a Paddock House, Wine Tower e estábulos renovados, completos com bar e sala de jantar repleta de arte contemporânea africana da Coleção Zeitz. Com muitos ambientes internos e externos extraordinários, jantar no Segera é uma experiência inesquecível. Além do mais, a gastronomia internacionalmente conhecida oferece um menu com opções saudáveis, criadas com ingredientes locais e orgânicos. Além dos safáris pela região, o Segera Retrat oferece caminhadas guiadas, um wellness center, galeria de arte, pic nic ao pôr do sol, a experiência de dormir em um ninho nas alturas, atividades de helicóptero.

O sócio da Wilderness Safaris nesse projeto é o empresário Jochen Zeitz e com o apoio da Fundação Zeitz, o Segera está na vanguarda das mudanças positivas no Quênia; seu propósito é alcançar um equilíbrio saudável e holístico dos 4Cs (Conservação, Comunidade, Cultura e Comércio). Esse refúgio tornou o retiro um exemplo tangível de esforços múltiplos de uso da terra e uma prova de que o luxo pode ser sustentável.

Ruanda é um destino completo, Kigali a porta de entrada e a capital do país, parada importante compreender toda a história e transformação que passaram nos últimos anos, o Parque Nacional de Akagera para fazer safári tradicional e Parque Nacional dos Vulcões com o incrível trekking com os gorilas. O Bisate Lodge abriu suas portas em 2017 com a proposta de levar mais oportunidade para Ruanda, uma visão pioneira de reflorestamento e parceria das comunidades. Bisate tem uma localização privilegiada no Parque Nacional dos Vulcões, em um anfiteatro natural com vistas dramáticas dos picos dos vulcões Bisoke e Karisimbi que se erguem através das florestas. Com suas exclusivas seis Forest Villas, bastante espaçosas, aconchegantes, com design moderno e uma decoração com muitos elementos de artesanatos típicos, vistas magníficas e ao mesmo tempo seguem os princípios de responsabilidade ambiental e refletem a rica cultura rural de Ruanda. Bisate é o primeiro Lodge de Safári ecológico e genuinamente luxuoso em Ruanda, centrado em uma das experiências mais envolventes da África - o encontro com os gorilas.

No lado Nordeste do país, dentro do Parque Nacional Akagera, está o mais novo lodge da Wilderness Safaris, o Magashi Camp. Uma região produtiva e incrivelmente diversa, com vista para o maravilhoso Lago Rwanyakazinga. O Magashi Camp está em uma reserva privada dentro do Akagera onde estão algumas das savanas mais completas de East África, com planícies abertas, bosques, lagos, pântanos e montanhas. Lar de uma população saudável de leões, leopardos, elefantes bem como rinocerontes pretos, búfalos, hipopótamos, zebras, girafas e uma rica variedade de pássaros. As atividades são variadas com safári 4x4, walking safári, passeio de barco. O hóspede encontra toda a privacidade e exclusividade no Magashi Camp com suas seis luxuosas tendas com vistas panorâmicas sobre o Lago Rwanyakazinga, enquanto a área principal de Magashi possui um lindo e acolhedor lounge, área de jantar e bar, piscina e amplo deck de visualização com a área da fogueira onde os hóspedes se reúnem para dividir suas histórias do safári que viveram naquele dia.


O porquê da Wilderness Safaris existir:

Por trás de tudo o que a Wilderness Safaris realiza existe um “porquê”, um propósito, seja conservar espécies ameaçadas de extinção, garantir que os benefícios do ecoturismo cheguem às pessoas que vivem nas áreas em que operam ou perto delas, ou inspirar mudanças positivas na vida dos funcionários, hóspedes e outras partes interessadas.

Resumindo, a Wilderness Safaris dedica-se a conservar e restaurar a vida selvagem da África e usam o ecoturismo de ponta para fazer isso. Um modelo de negócio responsável e sustentável que muda a perspectiva das pessoas no planeta e inspira aqueles que estão expostos a ele a realizar mudanças positivas em suas próprias vidas.

A Wilderness Safaris nasceu de uma paixão e amor compartilhados pelo mundo natural e pela vida selvagem, e uma necessidade urgente de conservar e proteger alguns dos lugares mais remotos e intocados da Terra.
The Why of Wilderness é uma celebração de 13 razões para acreditar nessa causa e propósito.